Páginas

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Grávidas x Gatos e agora??

Como já puderam perceber pelo título, hoje o assunto é um pouco polêmico. Qual grávida que tenha seus preciosos gatinhos nunca ficou nessa dúvida cruel do que fazer agora na gestação?? Primeiramente resolvi fazer esse post devido a minha própria situação de ter gatos. Logo que engravidei viajei pra Ribeirão Preto - SP, e na casa da minha prima me apaixonei por uma gatinha, trouxe ela e mais uma (essa infelizmente faleceu). Até então eu nunca tinha ouvido falar nessa tal 'doença do gato' que do gato não tem nada né. (Já explico sobre a doença) Então fui pra consulta de pré natal e minha mãe comentou das gatinhas, que nesse época apenas ficavam, no quintal, não entravam em casa e nem iam pra rua. A minha médica quase me matou, disse que se possível era pra eu dar as gatinhas embora, eu já logo retruquei que não, aonde já se viu dar as minhas pimpolhas embora?? Então ela disse que não era pra eu pegar no colo nem nada, era simplesmente pra eu nem chegar perto das gatinhas. Fui pra casa suuuuuuuper triste, eu já tinha um amor tão imenso, gostava de pegá-las no colo todos os dias, fazer carinho (dizem que gatos são ariscos, e nada carinhosos, as minhas subiam, e dormiam no meu colo, lá no quintal mesmo!!). Eu muito teimosa, cheguei em casa e fui pesquisar na internet, não estava nada contente de ter que me afastar das minhas pequenas. Pesquisando daqui e dali, li que na verdade essa 'doença do gato' é a toxoplasmose, que do gato não é nada. Na verdade o gato é um portador da doença, a toxoplasmose é provocada por uma parasita que se encontra nas fezes dos bichinhos!! Ou seja, normalmente gatos filhotes e que caçam 'ratos, pombas' são contaminados por esse parasita, que se aloja, e passa a contaminar o ambiente através das fezes. Mas para isso acontecer, é preciso que as fezes fiquem expostas a mais de 3 dias e que você ainda fique 'fuçando' lá, ou então coma as fezes. Não sei vocês mas eu não tenho o hábito de comer as fezes de gatos né. rsrs
Segue um trecho de um artigo super interessante que li, bem resumido!!

"Mulheres grávidas devem evitar qualquer contato com gatos.
Falso. Alguns gatos podem estar infectados com uma doença chamada toxoplasmose, que por vezes pode ser transmitida para os seres humanos através das fezes nos caixotes ou no jardim e causar graves problemas a bebês recém nascidos. No entanto, as mulheres grávidas não têm de evitar o contato com gatos. Simplesmente devem tomar algumas precauções. Se estiver grávida, deve evitar limpar o caixote do gato. Se for necessário limpar o mesmo, usar luvas e lavar muito bem as mãos depois. Evite tratar do jardim se o seu gato (ou outros gatos da vizinhança) utilizarem o jardim e lave sempre muito bem todos os vegetais cultivados em casa."


Ou seja, os médicos sempre nos assustam e por eles nos livraríamos dos gatos, mas não é bem assim. Os bichinhos não devem ser abandonados ou deixados de lado por puro medo. É só tomar os cuidados essenciais que tudo da certo. No meu caso por exemplo, a Melissa (lembram que disse que a outra havia morrido?? Pois é ficou só a Mel), dorme dentro de casa agora, toma banho toda semana, a minha mãe é quem limpa a caixinha de areia duas vezes ao dia e lava por completo uma vez por semana, e ainda limpa o bumbum dela, com lenço umedecido!! Continuo pegando a Melissa no colo, beijo, abraço, até durmo com ela, de consciência tranquila. Mas como nada que abunda faz mal, minha médica sempre pede exame de toxoplasmose!! Então se tiver um gatinho em casa, procure tomar esses cuidados e avisar ao seu médico para que esse exame seja mais indispensável do que nunca!! 
Saindo da Toxoplasmose, mas continuando a falar dos felinos, minha maior preocupação é 'e quando o Murilo nascer??' Meu medo é a Melissa avançar nele, ter ciúmes e machucá-lo. Então novamente a senhorita aqui foi atrás de informações. Gatos são calmos, não são iguais cachorros que pulam igual doidos para brincarem. Então o ideal é 'alterar' o ambiente da casa desde agora pro gato não sentir tanto! O bom é não pegar mais tanto o gatinho, lembre-se a intenção não é abandoná-lo é só acostumá-lo que agora ele não será mais o centro das atenções. Se ele subir no berço ou no carrinho deve ser retirado imediatamente e escutar um belo 'NÃO', pois se ele deixar o cheiro dele lá, ele vai se acostumar e achar que é território dele e quando o bebê chegar ele vai sentir ciúmes e vai sentir que o bebê é quem está invadindo o território dele. Bom meninas acho que por isso é só, pra finalizar o post deixo fotos da Melissa e Da Duda (falecida que Deus a tenha) para vocês babarem um pouco na perfeição de Deus!! Espero que tenham gostado, espero ter ajudado, e espero receber algumas dicas, rsrs! Até o próximo post, fiquem com Deus!!

                                             Duda & Melissa (nessa ordem, a Duda é a preta, rs)


             
                                                             Melissa & Murilo *-*', rsrs

2 comentários:

Thaty Oliveira . disse...

Que lindos! Amiga, estou fazendo layouts para blogs, se voce quiser, me manda um email, para saber direitinho ttxd_@hotmail.com

Ótimo final de semana amiga, beijos!
http://principecaioandre.blogspot.com.br/

Luana Brito disse...

Oii , minha Linda eu ja te Sigo no Asssk :) E vim tbm seguir no seu Bloguinhõo :) mt Lindo , parabêens pela sua Gestação , Beeeeijo

faça-me uma visitinha se puder ♥

http://minidivaanny.blogspot.com.br/

Postar um comentário